rice farm.png

Blog da Green Next

Seja bem-vindo(a) ao

Pecuária de corte com bons resultados na pandemia



A pecuária é uma atividade composta por diversos segmentos. No Brasil, um dos destaques é a pecuária de corte, atividade que consiste na criação de animais com o objetivo de produzir carne para o consumo humano. Tal prática é responsável por tornar o nosso país um dos principais produtores e exportadores do mundo no ramo.


É importante ressaltar que a pecuária de corte tem passado por mudanças significativas, com processos de profissionalização, tecnificação e investimento em novas tecnologias, o que possibilita uma gestão mais eficiente e caracteriza a chamada “pecuária 4.0”. Tais processos deram força para o setor não apenas se manter estável, em se tratando de bovinos, mas a crescer, em se tratando de aves e suínos, durante o período de pandemia.


Colocando em números, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal(ABPA) tem-se que a produção de frango cresceu cerca de 4,2%, tendo fechamento estimado em 13,8 milhões de toneladas para este ano, já a produção de carne suína aumentou aproximadamente 8%, totalizando 4,3 milhões de toneladas. A carne bovina por sua vez apresentou apenas um leve recuo produtivo, na casa de 1%, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura(FAO).


Em se tratando de exportações, o cenário segue favorável, ainda segundo a ABPA, a de frangos pode chegar a 4,23 milhões de toneladas e a de suínos a 1,03 milhão em 2020, representando um aumento de 37%, que é recorde histórico, sendo a China responsável por 50% dessa demanda nos primeiros 11 meses do ano. Quanto à carne bovina, conforme a Associação Brasileira de Frigoríficos(ABRAFRIGO), as exportações cresceram 10% em volume em novembro, graças às compras chinesas, que voltaram a aumentar em relação ao mês anterior, o que confirma a projeção de retomada.


Entretanto, nem tudo são boas notícias, pois o panorama pandêmico atual acarretou também em custos mais elevados dos grãos utilizados nas rações animais, o que evidencia ainda mais a necessidade de boas práticas de gestão. Diante disso, dentre os pontos que se deve ter maior atenção, cabe destacar qualidade e controle da alimentação, tecnologia no campo, taxa de natalidade, taxa de mortalidade e momento adequado para o abate.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo