rice farm.png

Blog da Green Next

Seja bem-vindo(a) ao

Crescimento do Agronegócio e Importância no PIB



Agronegócio é um termo que abrange todo contexto sócio espacial que envolve a produção agropecuária, incluindo os serviços, técnicas e equipamentos a ela relacionados, direta ou indiretamente. Esse setor da economia envolve uma cadeia de atividades que inclui a própria produção agrícola, a demanda por adubos e fertilizantes, o desenvolvimento de maquinários agrícolas, a industrialização de produtos do campo e o desenvolvimento de tecnologias para dinamizar todas essas atividades.


A importância crescente do agronegócio para o Brasil foi evidenciada na semana passada, por meio de um comunicado técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Segundo estes, o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio teve uma expansão recorde de 24,31% em 2020, o que fez com que o setor ampliasse para 26,6% sua participação no PIB total do país em 2020, aumentando 6,1% em relação à em 2019. Em valores monetários, o PIB do País totalizou R$ 7,45 trilhões em 2020, e o PIB do agronegócio chegou a quase R$ 2 trilhões.


Esse relevante campo da economia envolve uma inter-relação entre três setores: o primário (com a agropecuária), o secundário (com as indústrias de tecnologias e de transformação das matérias-primas) e o terciário (com o transporte e comercialização dos produtos advindos do campo). Outro ponto a se destacar segundo a pesquisa da CNA e Cepea, é que todos os segmentos da cadeia produtiva do agronegócio brasileiro, em geral, tiveram alta em 2020, com destaque para o setor primário (56,59%), seguido por agrosserviços (20,93%), agroindústria (8,72%) e insumos (6,72%). Analisando mais especificamente, tais valores se explicam com o movimento de alta de preços, aliado a um aumento de produção, inclusive com safras recorde de muitos grãos.


O cenário para 2021 segue promissor. Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a safra agrícola de 2021 deve ser 3,5% maior que a 2020. Em números, esse aumento representa um total de 263,1 milhões de toneladas, o equivalente a cerca de 9,2 milhões de toneladas a mais. Em se tratando de exportações, o impacto positivo já pode ser verificado, pois segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o agronegócio brasileiro exportou US$ 6,5 bilhões em fevereiro, um aumento de 2,8% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo